unnamed

Cecília Barros – Comitê de Apoio ao AND – SP

No dia 26 de Setembro, última segunda feira, cerca de 800 estudantes secundaristas se concentraram no Vão do MASP na Paulista às 17h para uma vigorosa manifestação contra a autodenominada reforma do Ensino Médio, concebida no gerenciamento Dilma e com implementação proposta pelo gerente de turno Michel Temer. 

Logo na saída da manifestação, os estudantes foram bloqueados por um cerco policial que tentava impedir o prosseguimento do ato pela Av. Paulista até a Av. Brigadeiro Luiz Antônio. Diante da provocação, os secundaristas não se intimidaram e, decididamente, esticaram a faixa principal do Ato com os dizeres “Reforma Não! Revolução Sim!”, ao que conseguiram furar com êxito o bloqueio policial.

unnamed-1

Juventude combatente se mobiliza contra ataque de Temer/PMDB à educação.

Os manifestantes seguiram entoando palavras de ordem como “Eleição é Farsa! Não muda nada não! Estudante organizado vai fazer Revolução!” e “Estudante na rua, escola ocupada, a luta continua, cai fora pelegada!” contra os elementos oportunistas que tentavam desvirtuar o caráter independente e combativo do ato e que expressam bem como a Juventude Combativa de SP vem se organizando com sede de Revolução.

O ato passou na frente da sede do PSDB, fortemente protegido pelo aparato policial, e terminou ocupando o Monumento às Bandeiras no Ibirapuera onde uma secundarista expôs em sua fala a visão geral dos autênticos estudantes revolucionários: “Tanto o Estado, quanto a Força Policial e o Michel Temer são tigres de papéis que não nos intimidarão! Não permitiremos que partidos eleitoreiros usem a nossa luta e nossas reivindicações ao seu favor, pois o caminho para a nossa vitória é através da luta e não pela democracia burguesa!”.

Viva a Juventude Combatente!
Eleição não! Revolução sim! 
Rebelar-se é justo!