protesto operário e camponesComitê de Apoio ao AND – Campinas/SP

Operários moradores da ocupação Monte Verde e camponeses do assentamento Milton Santos, em Americana-SP (90 km de São Paulo) fizeram um protesto para cobrarem reparos nas estradas da região.

Os operários e camponeses residentes na região atearam fogo em pneus e ergueram uma barricada na estrada. A PM, ao chegar no local, desatou violenta repressão, atirando balas de borracha e bombas de “efeito moral” contra a população. Vários moradores foram agredidos.

A manifestação se deu na Estrada Municipal Ivo Macris, na manhã de segunda feira (13/02) e reuniu cerca de 150 pessoas.

Segundo os moradores, as más condições das estradas atrapalham a produção do assentamento, além da falta de segurança.

Apesar da repressão, os moradores não se deixaram intimidar e reagiram com pedras e paus. Como resultado do confronto, 2 policiais e 12 manifestantes ficaram feridos. Um advogado popular foi covardemente agredido pela polícia e detido.