Redação de AND

Duas mulheres, mãe e filha, identificadas como Marlene Maria da Conceição, de 76 anos, e Ana Cristina da Conceição, de 42, foram mortas durante uma operação policial hoje, 30 de junho, no Morro da Mangueira, na Zona Norte do Rio. Circula na internet um vídeo que mostra moradores carregando os corpos.

Marlene foi atingida no pescoço, em um dos joelhos e nas mãos, e Ana Cristina foi atingida nas costas por “balas perdidas” (termo que o monopólio da imprensa tanto usa para justificar os assassinatos de pobres nas favelas do Rio e todo o Brasil durante as incursões genocidas das polícias militares) em um suposto tiroteio entre PMs e traficantes.

Revoltados, os moradores iniciaram um protesto e incendiaram um ônibus. A PM lançou bombas de efeito moral e a população respondeu com paus e pedras.

Corpos sendo carregados por moradores