Revolução Peruana: camponês tece bandeira com foice e martelo

Revolução Peruana: camponês tece bandeira com foice e martelo

Redação de AND, com informações de vnd-peru.blogspot.com

Um pronunciamento do Movimento Classista Popular (MCP), intitulado “Por uma linha de classe e anti-imperialista no movimento popular!”, de janeiro de 2017, informou a situação de profunda miséria, crise econômica e política que se desenvolve nas entranhas da velha democracia no Peru.

“A economia peruana está em processo de decomposição e afundamento, nem Kuczynski (atual “presidente”) sendo um economista ianque poderá evitar o encarecimento do custo de vida como muitos supostos ‘de esquerda’ acreditavam. Como parte disso vemos a alta nas passagens e nos alimentos de primeira necessidade. […] A situação no país não fica somente assim, já que diariamente vêm saqueando nossos recursos naturais, gerando danos na agricultura, na pecuária camponesa e nas pescas”, denuncia o pronunciamento.

Conclui o comunicado do MCP: “Hoje mais do que nunca o que importa é elevar os protestos populares incansavelmente e organizar-nos para que os direitos de nosso querido povo não sejam pisoteados, porque por parte dos governantes nada de bom podemos esperar senão indiferença e opressão”.