Com informações do Comitê de Apoio ao AND de Recife

No dia 30 de junho, militantes da luta por moradia e moradores da ocupação Nova Morada somaram-se às mobilizações da Greve Geral e bloquearam a rua em frente ao bairro em defesa do justo direito à moradia e em repúdio à ameaça de reintegração de posse pela reitoria da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). A ocupação Nova Morada resiste e seus moradores, muitos dos quais residem no bairro a mais de 60 anos, avançam na mobilização e organização.

As faixas estendidas na manifestação estampavam as consignas: “Viva a luta popular por moradia!” e “Rebelar-se é justo”