Norte de Minas: LCP denuncia crimes do latifúndio durante audiência da “Comissão da Verdade”

Comitê de Apoio ao AND – Norte de Minas Gerais

Ativistas da LCP – Liga dos Camponeses Pobres do Norte de Minas e Sul da Bahia participaram, no último dia 07/06 na cidade de Montes Claros, da Audiência Pública “Ditadura Militar no Norte de Minas: memórias de lutas e resistências camponesa (1964-1988)” promovida pela Comissão da Verdade em Minas Gerais (Covemg) junto à Comissão da Verdade e Memória do Grande Sertão. Membros do Comitê de Apoio estiveram presentes, divulgando a imprensa popular e democrática por meio da venda de exemplares da edição 189 de AND.

Durante a audiência, as lideranças da LCP denunciaram a continuidade dos crimes do latifúndio durante todos os gerenciamentos civis – com destaque para os últimos quase 13 anos em que o PT esteve à frente do gerenciamento do velho Estado – e o seu incremento no atual gerenciamento vende-pátria de Temer/PMDB e sua quadrilha. Os ativistas da LCP reafirmaram a consigna “Nem perdão, nem reconciliação e nem esquecimento: punição para os criminosos, militares e civis, mandantes e executores de torturas, assassinatos e desaparecimentos forçados do regime militar!” desfraldada desde o surgimento desta “Comissão da Verdade” sustentada na famigerada “Lei da Anistia” de 1979, que iguala torturadores e assassinos covardes a serviço do imperialismo (principalmente dos USA) aos revolucionários, democratas e progressistas que lutavam não apenas pelo fim do regime militar fascista, mas por uma verdadeira democracia e o socialismo em nosso país.

ler mais…

Índia: Saúde do democrata GN Saibaba deteriora na prisão


Reproduzimos nota traduzida pelo Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos (Cebraspo) sobre a campanha internacional pela libertação incondicional do democrata indiano professor GN Saibaba, repercutida nas páginas de AND.


“Uma delegação liderada pela esposa do professor da Universidade de Deli, G N Saibaba, Vasantha Kumari, procurou quinta-feira a intervenção da Comissão Nacional de Direitos Humanos para assegurar cuidados médicos adequados para o acadêmico encarcerado. A condição de Saibaba, atualmente alojado na cela de Anda da prisão central de Nagpur, estava deteriorando dia a dia”, disse a delegação à NHRC. Ele não consegue urinar e a dor no estômago aumentou, disse Kumari em uma carta enviada à NHRC em Nova Deli.

ler mais…

RJ: Brigada de divulgação de AND na Central do Brasil

Jornal A Nova Democracia — Membros da Redação e apoiadores do AND realizaram uma exitosa brigada de divulgação do jornal na Central do Brasil no último dia 8 de junho. Nesta ocasião, foram distribuídos centenas de exemplares de edições passadas.

Além das brigadas com distribuições, apoiadores do AND também têm feito brigadas de venda da nova edição no interior dos trens. Somente na última dessas brigadas, mais de 130 exemplares foram vendidos.

Saudamos as companheiras e os companheiros do Rio de Janeiro pela iniciativa, que tem se espalhado cada vez mais por todo o país em vibrantes brigadas realizadas pelos Comitês de apoio ao AND no campo e nas cidades.

Norte de MG: Camponeses celebram 50 anos de Naxalbari em Áreas Revolucionárias

Grupo de teatro “Servir ao Povo” encena a Guerra Popular na Índia, dirigida pelo PCI (Maoísta). Área Revolucionária Cleomar Rodrigues, Norte de Minas.


Publicamos fotos enviadas à nossa Redação por apoiadores, da campanha internacional em celebração dos 50 anos do Levantamento Camponês de Naxalbari no Norte de Minas Gerais.


Pichação em Montes Claros, Norte de Minas

MS: ‘Não iremos recuar um palmo de terra retomada’

10ª Grande Assembleia do Povo Terena reafirma a luta pela retomada dos territórios tradicionais

Redação de AND

Na Aldeia Buriti, situada na Terra Indígena Buriti, em Dois Irmãos do Buriti (MS), entre os dias 31/05 a 03/06, ocorreu a 10ªHánaiti Ho’únevo Têrenoe, isto é, a 10ª Grande Assembleia do Povo Terena.

A Assembleia contou com a participação de lideranças dos povos Guarani, Kaiowá, Nhandeva, Mbya, Guajajara, Kaigang, Xavante, Tuxá, Baré, Xacriaba, Kadiwéu, Kinikinau e Cabiwá.

A Grande Assembleia do Povo Terena debateu uma série de temáticas, tais como a demarcação das terras tradicionais, os ataques do gerenciamento Temer/PMDB contra os direitos da população do campo, a situação da educação e saúde indígenas, as questões feminina e da juventude.

ler mais…

50 anos da heroica Resistência Camponesa de Cachoeirinha

Cartaz da LCP por ocasião dos 50 anos da Resistência Camponesa de Cachoeirinha e convocando manifestação em celebração.


Nota da Redação: Em junho deste ano, completam-se 50 anos da heroica resistência camponesa de Cachoeirinha contra os ataques covardes do latifúndio em conluio com o velho Estado. Este acontecimento é um marco fundamental da luta camponesa no Norte de Minas Gerais, fazendo parte da história de heroísmo do aguerrido povo brasileiro. Como forma de celebrar e relembrar essa importante batalha pela luta pela terra no país, reproduzimos a nota divulgada pela LCP do Norte de Minas e Sul da Bahia.


Os dias 12, 13 e 14 de junho de 1967 são marcados pela brava e corajosa resistência das 212 famílias de posseiros de Cachoeirinha frente aos covardes e cruéis ataques do famigerado coronel Georgino Jorge de Souza e seu bando, sob as ordens do gerenciamento militar à serviço dos latifundiários, que ameaçava, perseguia e assassinava os camponeses pobres, destruía as plantações, queimava casas e matava as criações para expulsá-los de suas terras. Diante desses bárbaros crimes os camponeses se organizaram e resistiram o quanto puderam, famílias inteiras se embrenharam pelo mato, onde a fome combinada com um surto de sarampo tirou a vida de 62 crianças.

Os posseiros expulsos de Cachoeirinha seguiram lutando e vão retomando suas terras parte por parte até os dias de hoje, compreendendo que sua vitória será completa com o fim do sistema latifundiário.

ler mais…

Série de artigos sobre a estrutura agrária da América Latina


A partir desta quinta-feira, 08/06, o jornal A Nova Democracia inicia uma série de artigos sobre a estrutura agrária na América Latina, divididas em 5 partes, que serão publicadas nas próximas quintas-feiras do mês de junho no Blog da Redação de AND, com o objetivo de fornecer aos leitores e leitoras uma visão abrangente da questão agrário-camponesa nos países que compõem a América Latina.


Panorama da estrutura agrária na América Latina – Parte I

Vinicius Alves

 O presente artigo visa fazer um breve panorama da estrutura agrária da América Latina e suas principais consequências para os seus povos, com o intuito de possibilitar uma melhor compreensão da questão agrário-camponesa, questão central e principal em todos esses países, nos quais se desenvolve um capitalismo de tipo burocrático, assentando em bases semicoloniais e semifeudais.

Para tanto utilizou-se os dados estatísticos elaborados pela Oxfam, que em novembro de 2016 lançou um estudo intitulado Desterrados: tierra, poder y desigualdad en América Latina. O estudo traz uma análise da distribuição da terra de quinze países da América Latina e da relação entre a distribuição da terra e as desigualdades social, econômica e política existente na região.

ler mais…

Chacina de Pau D’Arco: Entrevista exclusiva com familiares das vítimas

Jornal A Nova Democracia — Em entrevista exclusiva, familiares das vítimas da chacina de Pau D’Arco, no Pará, falaram ao AND sobre os assassinatos dos 10 camponeses cometidos pela polícia a mando do latifúndio no dia 24/05/2017. A reportagem de AND esteve na região e, em breve, tanto na próxima edição impressa como em vídeo mais completo, trará uma Reportagem Especial sobre este hediondo crime de Estado.

Chacina de Pau D’Arco: Entrevista exclusiva com o Dr. Felipe Nicolau, Presidente da Abrapo

Jornal A Nova Democracia — Entrevista exclusiva com o Dr. Felipe Nicolau, Presidente da Associação Brasileira dos Advogados do Povo (Abrapo), sobre a chacina de Pau D’Arco, no Pará, em 24 de maio de 2017. A reportagem de AND esteve na região e, em breve, tanto na próxima edição impressa como em novos vídeos, trará uma Reportagem Especial sobre este hediondo crime de Estado.

 

Pau D’Arco: pós-massacre tem agressão de deputado e ameaça a ativista


Reproduzimos denúncia do site De Olho nos Ruralistas sobre os desdobramentos do Massacre de Pau D’Arco, no sul do Pará. O AND está preparando uma série de materiais exclusivos sobre este odioso crime do velho Estado sob mando dos latifundiários da região, a publicar em breve.


Paulo Fonteles Filho registrou ameaça de morte no Pará; e, na Assembleia, presidente de Comissão de Direitos Humanos acusa deputado federal de agredi-lo

Por Izabela Sanchez

A barbárie continua (1): menos de um mês após o massacre promovido pela polícia em uma área ocupada por camponeses, no Pará, um ativista que denunciou os assassinatos tem recebido ameaças de morte e entrou para o programa de proteção de testemunhas. A chacina tirou a vida de 9 homens e 1 mulher em uma fazenda no município de Pau D’Arco, sudeste do estado, no dia 24 de maio. Foi o conflito no campo com mais mortos desde 1996.

ler mais…

Página 9 de 85« Primeira...7891011...203040...Última »

Edição atual

Matérias Especiais de AND Sobre Pau D’Arco

50 anos do Levante Camponês de Naxalbari (Índia)

Assine

Edições Seara Vermelha