GRCP: Celebração vermelha e internacionalista

'A Internacional' foi cantada pelos presentes na abertura do Ato.

‘A Internacional’ foi cantada pelos presentes na abertura do Ato. Foto: Ellan Lustosa/AND

Vinicius Alves e João Antônio – AND nº 179, Caderno Especial.

A Grande Revolução Cultural Proletária em curso é uma grande revolução que atinge o homem no que ele tem de mais profundo. Representa uma nova etapa, marcada por uma maior profundidade e uma maior amplitude do desenvolvimento da revolução socialista do nosso país. Se bem que derrocada, a burguesia intenta corromper as massas e conquistar seu coração por meio do pensamento, da cultura, dos costumes e hábitos antigos das classes exploradoras com vistas a sua restauração”.
Presidente Mao Tsetung

Há que confiar nas massas, apoiar-se nelas e respeitar sua iniciativa. Há que desprezar o ‘temor’. Não se deve temer que se ocorram casos de desordem. O Presidente Mao nos disse frequentemente que a revolução não pode ser tão fina, tão tranquila, tão moderada, amável, cortês, restringida e magnânima. Há que deixar que as massas se eduquem a si mesmas neste grande movimento revolucionário e aprendam a distinguir entre o justo e o errôneo, entre a forma correta de proceder e a incorreta. (…) É necessário lograr uma plena e franca exposição de opiniões fazendo pleno uso dos dazibao e dos grandes debates, de modo que as massas clarifiquem os pontos de vista corretos, critiquem os errôneos e desmascarem a todos os monstros. Desta maneira, as amplas massas poderão, no curso da luta, elevar sua consciência política, incrementar sua capacidade, distinguir entre o justo e o errôneo,  traçar uma clara linha de demarcação entre os inimigos e elas mesmas”.
XI Sessão Plenária do CC do PCCh, 8 de agosto de 1966

Centenas de pessoas lotaram o Teatro Mário Lago durante o Ato Político-Cultural

Centenas de pessoas lotaram o Teatro Mário Lago durante o Ato Político-Cultural. Foto: Ellan Lustosa/AND

O dia 14 de outubro de 2016 ficará marcado como uma data histórica nas páginas da luta do proletariado revolucionário. Depois de décadas de combate à dispersão do movimento comunista internacional e de ofensiva contrarrevolucionária de caráter geral e convergente do imperialismo com o revisionismo, após o enfrentamento de mil dificuldades, combatendo, resistindo e persistindo na luta ideológico-política em defesa da linha vermelha e da Revolução, centenas de ativistas democráticos e revolucionários do Brasil e de dezenas de outros países se reuniram no Rio de Janeiro para celebrar os 50 anos da Grande Revolução Cultural Proletária (GRCP).

Foi um Ato Político-Cultural grandioso que contou com a presença de centenas de massas camponesas de áreas revolucionárias de todo o país, operários, estudantes, professores, ativistas de movimentos populares, revolucionários e democráticos.

ler mais…

PR: secundaristas conclamam à resistência

Juventude combatente, com coragem e decisão heroicas, enfrentam fascistas e sustentam ocupação.

Juventude combatente, com coragem e decisão heroicas, enfrentaram fascistas armados.


Reproduzimos declaração emitida pela Unidade Vermelha – Liga da Juventude Revolucionária (UV) e Movimento Feminino Popular (MFP) conclamando os demais secundaristas que estão ocupando unidades escolares por todo o estado do Paraná e impulsionam o levante de massas contra os ataques do gerencimento Temer aos ataques do povo, a prosseguirem no caminho independente e combativo. 


Manifesto dos estudantes do Paraná

Saudações vermelhas e revolucionárias a todos estudantes que se mantém firmes nas ocupas!

Saudação especial às jovens companheiras que têm assumido a direção da luta!

  1. O maior movimento de ocupações de escolas da história completa um mês. As ocupações que se iniciaram em São José dos Pinhais no início de outubro e se alastraram por todo país, conformam hoje a principal força política de oposição à “reforma do ensino” dos gerentes de turno Temer/Richa (PMDB/PSDB).
  2. As ocupações são a resposta dos estudantes à aplicação das medidas antipovo, em particular a PEC 241 e MP 746, que juntas têm por objetivo a precarização e completa privatização do ensino público.
    ler mais…

PA: indígenas ocupam prédio contra a PEC-241 em Belém

indigenas-belem-pa

Indígenas exigem AND em ocupação. Belém, Pará.

Comitê de Apoio ao AND – Belém/PA

As ruas de Belém vêm demonstrando um significativo avanço nas mobilizações populares que tiveram seu marco e auge com as jornadas de Junho de 2013. O número de atos realizados desde então são incalculáveis, e, mais recentemente as diversas ocupações tem demarcado importante caminho da luta estudantil na região.

Mesmo sofrendo repressões por parte do Estado que usa de seu poder para tentar conter as lutas do povo utilizando dos seus mais podres artifícios como balas de borracha, spray de pimenta, prisões arbitrárias e forjadas, o povo tem dado mostras de sua resistência.

ler mais…

PR: CUT trai greve dos professores


Reproduzimos na íntegra nota de repúdio nos enviada pelo Movimento Classista dos Trabalhadores em Educação (Moclate) do Paraná, denunciando a traição descarada e repugnante aplicada contra os trabalhadores em questão pela CUT. Mais informações serão publicadas no Blog da Redação e na próxima edição de AND. 


Nota de repúdio a traição da direção APP-Sindicato/CUT

Direção APP-Sindicato/CUT trai a luta em defesa da educação pública suspendendo a greve dos professores, assim o peleguismo da CUT/PT cumpre uma vez mais o nefasto papel de filtro da luta popular democrática, esta medida é um recuo frente ao ataque do governo Richa que irá descontar os dias paralisados nos salários.

O governo nem mesmo sinalizou o mínimo atendimento das reivindicações e o sindicato recua. Essa posição já vinha sendo encaminhada pela direção, que na penúltima assembleia já havia encaminhado a proposta de suspender a greve, no decorrer do movimento sequer convocaram um ato político, manifestação e etc.

Essa traição dificulta ainda mais as lutas dos estudantes, que têm enfrentado ataques fascistas do governo e seus capachos do MBL com muita combatividade. Resistem bravamente nas ocupações das escolas que se alastraram por todo país. Os estudantes responderam a direção do sindicato na assembleia gritando vergonha e ampliando o movimento ocupando o Núcleo Regional de Ensino de Curitiba.

A APP-Sindicato afirmou que apoia as ocupações, mas ao mesmo tempo abandona a greve favorecendo assim as ações do governo por desocupar as escolas. O sindicato para desmobilizar a greve, realizou uma operação bem recorrente, a de marcar assembleia em um local distante, mobilizar bases contrárias à greve para obter maioria e dificultar a participação dos estudantes.

A suspenção da greve é um golpe contra a luta por barrar a PEC 55 (antiga 241) e MP da reforma do ensino médio. Alegaram que o momento da greve é desfavorável, pois os direitos estão sendo atacados pelos governos Richa PSDB/Temer PMDB. Sendo que a história confirma justamente o contrário, que só é possível defender os direitos, realizando lutas combativas, greves, ocupações que unam toda comunidade escolar em defesa dos nossos legítimos direitos.  

Somente com greves e ocupações podemos barrar as reformas antipovo dos gerentes de plantão.

Organizar a greve geral! Todo apoio às ocupações estudantis! Ocupar e Resistir!

Abaixo o oportunismo e a traição da direção da APP/Sindicato-CUT!

Defender o ensino público gratuito e democrático, que sirva aos interesses do povo!

MOCLATE – Movimento Classista dos Trabalhadores em Educação

Nem esquecimento, nem perdão! Punição para os mandantes e assassinos do companheiro Cleomar!

unnamed


Reproduzimos nota da Liga dos Camponeses Pobres do Norte de Minas e Sul da Bahia pela passagem dos dois anos do assassinato do dirigente camponês Cleomar Rodrigues.


No dia 22 de Outubro deste ano completa-se 2 anos do covarde assassinato do companheiro Cleomar, por pistoleiros e policiais, à mando dos latifundiários. Cleomar Rodrigues de Almeida, dirigente da Liga dos Camponeses Pobres, foi fuzilado por disparos de armas de grosso calibre numa tocaia, na porteira que dá acesso à Área Unidos com Deus Venceremos em Pedras de Maria da Cruz, onde trabalhava e vivia com 35 famílias, desde 2008.

Seu assassinato causou grande repercussão na região, revolta entre os camponeses e comoção entre os apoiadores da luta pela terra e democratas em várias partes do país e também manifestações de solidariedade à LCP vindas de outros países.

O companheiro Cleomar há muito tempo vinha sendo ameaçado de morte, juntamente com outros companheiros, por conhecidos pistoleiros da região e por policiais e denunciou amplamente isto, exigindo providencias das “autoridades” (INCRA, Ouvidoria Agrária, Promotoria Pública, órgãos municipais etc…), que ao contrário de apurar e punir os responsáveis, passaram como de costume, a criminalizar a luta dos camponeses e acobertar os crimes dos latifundiários e seus capangas. Tudo isto sob a gerencia do PT/Dilma/Lula. Só a Revolução Agrária fará verdadeira justiça

ler mais…

GO: Moclate saúda a onda de ocupações e lutas! Rebelar-se é justo!

Mobilização estudantil tem puxado o fio do protesto popular.

Mobilização estudantil tem puxado o fio do protesto popular. Na foto, IF em Urutaí/GO ocupado.


Reproduzimos nota publicada pelo MOCLATE em apoio às ocupações e a mobilização estudantil contra os ataques de Temer à educação pública e aos direitos do povo. Mais informações sobre as lutas travadas em Goiás e as ocupações na próxima edição de AND ou no Blog da Redação.


O Movimento Classista dos Trabalhadores da Educação (MOCLATE) saúda e apoia o grande movimento de lutas que vem ocorrendo em Goiás.

As últimas semanas foram marcadas pelo crescimento da luta em Goiás, com o aumento das ocupações e manifestações questionando as contrarreformas do imperialismo. Esse fato demonstra o efervescente clima de insatisfação e revolta que toma conta do país e de Goiás.

ler mais…

Índia – Convocação para campanha internacional pela liberdade dos presos políticos

liberd-ajith


Reproduzimos convocatória do Comité Internacional de Apoio à Guerra Popular na Índia, publicado em português no site do Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos – CEBRASPO, para a realização de uma grande campanha de solidariedade pela liberdade dos presos políticos da Índia no próximo dia 24 de novembro. Mais informações poderão ser lidas neste mesmo Blog da Redação.


Comunicado do Comité Internacional de Apoio à Guerra Popular na Índia

O Comitê Internacional de Apoio à Guerra Popular na Índia convoca todo o proletariado mundial, organizações revolucionárias e democráticas a participarem ativamente em 24 de novembro, 2016, na Campanha para a Liberdade dos camaradas Ajith e Kobad Gandhy e de todos presos políticos da Índia!

ler mais…

Índia – 28 combatentes do EGPL são assassinados pela Operação Caçada Verde


Reproduzimos nota emitida pelo Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos – CEBRASPO denunciando e repudiando a execução extrajudicial fascista e genocida contra 28 combatentes do Exército Guerrilheiro Popular de Libertação (EGPL) dirigido pelo Partido Comunista da Índia (Maoísta).


Neste segunda-feira foram noticiados em sites internacionais os detalhes do combate no distrito de Malkangiri, onde foram mortos 28 combatentes EGPL (Exercito Guerrilheiro Popular de Libertação). Há informações que a comida dos guerrilheiros foi envenenada, e a autopsia revelou marcas de torturas em diversos corpos além de execuções sumárias sem chances de defesa.

Através do trabalho de espionagem e de informantes os agentes  da repressão possuíam o conhecimento da presença do responsável pelo Comitê da Zona Especial de Andrha Odisha, conhecido como camarada RK, um líder veterano, de 60 anos e membro do Comitê Central do PCI (Maoísta), além de outros membros do partido, responsáveis militares e políticos.

ler mais…

Alemanha: morte ao imperialismo alemão! (Tod dem deutschen imperialismus!)

Neste 1º de outubro o Estado alemão celebrou em todo o território nacional o 26º aniversário do “Dia da Unidade Alemã”, data com teor sensivelmente anticomunista por ser produto direto (a reunificação da Alemanha e a queda do assim chamado “bloco socialista”) da ofensiva contrarrevolucionária geral desatada pelo imperialismo ianque nos idos de 1990.

No presente ano, no entanto, setores das massas realizaram contundentes ações de rechaço. … No seguinte vídeo, grupos de jovens comunistas em várias cidades da Alemanha queimam a bandeira deste sanguinário Estado imperialista, também por ocasião da data da reunificação. Logo atrás, surge resplandecente a bandeira vermelha com a foice e o martelo.

Advogado do povo Dr. Marino D’Icarahy sofre perseguições políticas

unnamedPatrick Granja

No início do último mês de setembro, o advogado do povo Dr. Marino D’Icarahy foi condenado a 1 ano e cinco meses de prisão e o pagamento de uma multa de 32 salários mínimos. Ele foi acusado de injúria pelo juiz Flávio Itabaiana, que julga o caso dos 23 ativistas processados e presos no Rio de Janeiro na véspera da final da Copa do Mundo de 2014.

No dia 21 de outubro, uma nota em apoio e solidariedade ao Dr. Marino D’Icarahy foi publicada pelo Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos (CEBRASPO): PELA IMEDIATA SUSPENSÃO DA PERSEGUIÇÃO AO ADVOGADO DO POVO, DR. MARINO D’ICARAHY.

Esta importante nota pode ser lida na integra no endereço: https://cebraspo.blogspot.com.br/2016/10/todo-apoio-e-solidariedade-ao-dr-marino.html#more

A equipe de AND foi ao escritório de Marino para uma entrevista sobre essa nova condenação e sobre as outras perseguições sofridas por esse bravo advogado defensor dos direitos do povo. Divulgamos aqui no blog a entrevista completa, da qual trechos foram publicados na edição impressa nº 179 de AND.

ler mais…

Página 52 de 85« Primeira...102030...5051525354...607080...Última »

Edição atual

Matérias Especiais de AND Sobre Pau D’Arco

50 anos do Levante Camponês de Naxalbari (Índia)

Assine

Edições Seara Vermelha