PR: Importante brigada entre as massas em São José dos Pinhais

O Comitê de Apoio ao jornal A Nova Democracia de São José dos Pinhais esteve divulgando o jornal nessa segunda-feira, três de abril. A divulgação foi feita no bairro Jardim Veneza, bairro onde há grande concentração de masssas empobrecidas de São José dos Pinhais.

Foram distribuídos dezenas de exemplares da edição nº 182, cuja chamada conclamou: Por abaixo Temer e barrar suas medidas anti-povo e vende-pátria.

Os moradores, em sua maioria, afirmaram que era bom o povo ter uma imprensa democrática e popular, dado o trabalho nefasto que desempenha os monopólios de imprensa. Muitos afirmaram que concordavam com a linha editorial do jornal A Nova Democracia exposta pelos apoiadores, e que as eleições não mudavam nada: é necessário que o povo se organizasse para resolver ele próprio seus problemas.

ler mais…

BA: Juventude revolucionária em defesa da vida e da saúde do presidente Gonzalo

Informações retiradas do site Movimento Estudantil Popular revolucionário MEPR 

O MEPR e a UV-LJR, interviram no último dia 31 de Março, em manifestação convocada pelo sindicato dos professores do município de Juazeiro – APLB, contra a “reforma” da previdência de Temer e sua quadrilha.


ato3_-_mod

Os jovens fizeram panfletagem em defesa da vida e saúde do Presidente Gonzalo e levantaram uma faixa que chamou muita atenção convocando à rebelião contra os ataques à educação.

ler mais…

Sete camponeses são baleados durante emboscada contra acampamento do MST no Norte de Minas

Com informações de mst.org
 
O Acampamento do MST, Alvimar Ribeiro, em Capitão Eneas, no Norte de Minas Gerais, foi atacado por pistoleiros no último domingo, dia 09/04. Cerca de 300 camponeses foram tocaiados por volta de 07:30 da manhã, quando se dirigiam para uma reunião junto a representantes de Leonardo Andrade que se apresenta como proprietário da Fazenda Norte América. Os camponeses foram recebidos com tiros disparados de uma caminhonete Hilux com cerca de 10 homens armados na carroceria.
acampamentoavilmarribeiro
Os integrantes do acampamento denunciam que o latifundiário Leonardo Andrade comandou pessoalmente o ataque, como relata Jéssica Thais Gonçalves Freitas, de 24 anos, que segue internada após ser alvejada por um tiro que atravessou a sua perna: “O administrador da fazenda insistiu por uma reunião e nós acabamos aceitando. Ao chegar à cancela fomos recebidos a bala por cerca de dez jagunços. Eles atiraram sem dó e nem piedade. Tinha crianças, idosos, grávidas. Nós vimos o dono da fazenda no lugar. Pedimos pra não atirar. Abaixamos pra não sermos baleados, foi uma covardia”.

ler mais…

PA: Moradores da Comunidade Riacho Doce bloqueiam ruas por direitos de moradia

Informações do Comitê de Apoio ao AND de Belém.

20170330_133356No dia 30 de março uma manifestação da comunidade Riacho Doce, no bairro de Guamá, resultou no fechamento de duas vias da Avenida Perimetral em frente ao segundo portão da Universidade Federal do Pará (UFPA). Com o protesto os moradores reivindicavam a entrega dos seus apartamentos prometidos pelo gerente de turno Simão Jatene/PSDB e pela COHAB (Companhia de Habitação do Estado do Pará).

A diretora da Associação dos Moradores do Riacho Doce denunciou durante a manifestação a demora na entrega dos apartamentos e do auxílio moradia para os moradores da comunidade, onde a espera chega a ser de 16 anos desde a antiga gestão do PSDB. As unidades habitacionais fazem parte do “PAC (Programa de Aceleração do Crescimento)” programa do gerenciamento federal, onde este remaneja e massacra o povo de acordo com seus interesses.

ler mais…

AM: Exitosas atividades do Comitê de Apoio de Manaus

manaus1

Bandeirão celebrativo dos 100 anos da obra “Imperialismo, fase superior do capitalismo”, adquirido pelo Comitê de Apoio – Manaus


Relato das atividades do Comitê de Apoio ao AND – Manaus/AM enviado por apoiadores.


Nos dias 22, 23 e 24 de março marcamos presença na Semana do curso de História, realizada no até então Instituto de Ciências e Letras (ICHL) da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), que teve como tema “Os 100 anos da Revolução Russa”. Nesta oportunidade dispomos em banquinha as edições 183 e 184 do Jornal A Nova Democracia, livros e calendários da Liga dos Camponeses Pobres – LCP. Foi possível também hastear o bandeirão/painel em alusão aos 100 anos da obra de Lenin “O imperialismo: a etapa superior do capitalismo” que foi adquirido pelo Comitê ano passado.

manaus

Banquinha disposta na UFAM

Esta atividade resultou positivamente no aspecto de divulgação, já que ali se reuniram estudantes, professores e intelectuais que buscam e têm interesse em pautar discussões no que respeita à política e seus aspectos. Dispomos da banquinha em local estratégico com circulação constante de estudantes, professores e trabalhadores da Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Foram vendidos cerca 10 jornais e distribuídos outros 30, e 7 livros vendidos.

Pontuamos o interesse de vários estudantes e professores por conhecer o Jornal A Nova Democracia e sua linha, e a disposição destes por conversar a respeito enquanto estávamos na atividade e posteriormente. Interesse também demonstrado no fato de deixarem seus endereços eletrônicos para envio de notícias e convites para outras atividades. Ampliamos com isso o número de simpatizantes e possíveis colaboradores do Jornal A Nova Democracia em Manaus.

ler mais…

MS: Campanha pela liberdade de Alexandre Guarani Kaiowá (vídeo)

Redação de AND – Informações do Comitê de Apoio de Dourados/MS

Repercutimos a seguir um vídeo produzido pelo Comitê de Solidariedade aos Povos Indígenas de Dourados (CSPI de Dourados), enviado à Redação de AND por apoiadores. 

O curto vídeo denuncia a situação do Guarani Kaiowa Alexandre Claro, atingido por dois tiros disparados pela PM no dia 05 de janeiro e preso após ter alta do hospital no dia 14 do mesmo mês.

ler mais…

Indonésia: Terror contra camponeses

Redação de AND

Na Indonésia, a luta pela terra tomou novos desdobramentos neste começo de 2017, desde que uma licença emitida pelo governo de Java Central, Ganjar Pranowo, permitiu a Companhia de Cimento Indonésia – de capital burocrático – realizar exploração mineira em Kendeng. Isso, é claro, causa destruição da pequena produção camponesa.

A Frente de Luta do Povo da Indonésia (FLP) denunciou: “O governo, de fato, está a favor dos homens de negócio, compradores, que extraem riquezas naturais para conseguir grandes lucros, deixando o povo na miséria, sem terra”. “As ações de resistência dos camponeses de Kendeng estão sendo suprimidas pelo terror, intimidação, violência e provocações”.

 

Palestina: Confrontos e jovem assassinado

palestine

Com informações de Secours Rouge

Novos confrontos irromperam entre a heroica juventude combatente palestina e o exército israelense no fim do mês de março, na Faixa de Gaza.

No dia 23 de março, as forças de ocupação sionistas assassinaram um jovem palestino e feriram outros três, na Cisjordânia.

O jovem, Mohammed Hattab, de 17 anos, foi alvejado por disparos de arma de fogo durante confrontos que ocorreram na entrada do campo de refugiados Al-Jalazone, ao norte de Ramallah. Outros três jovens ficaram feridos.

Os jovens resistiram às criminosas investidas militares do Estado de Israel, que invadem os campos de refugiados, humilham os moradores, saqueiam e destroem casas.

ler mais…

9 de Abril – Dia dos Heróis do Povo Brasileiro

Ato em homenagem ao 9 de abril na Área Renato Nathan 2, em Ariquemes, Rondônia (2016)

Ato em homenagem ao 9 de abril na Área Renato Nathan 2, em Ariquemes, Rondônia (2016)

Adaptação de nota publicada em AND nº 168

O dia 9 de Abril é a data em que o dirigente da Liga dos Camponeses Pobres (LCP) de Rondônia, Renato Nathan Gonçalves Pereira, foi covardemente assassinado pela ação combinada de forças policiais do velho Estado genocida e pistoleiros do latifúndio. Renato era um incansável lutador de nosso povo, organizador, mobilizador e conscientizador das massas camponesas, e empunhava a bandeira da Revolução Agrária, pelo fim do latifúndio, por uma Nova Democracia no Brasil.

Por proposição da Frente Revolucionária de Defesa dos Direitos do Povo (FRDDP), movimentos populares, democráticos e revolucionários do campo e da cidade adotaram o 9 de Abril como o Dia dos Heróis do Povo Brasileiro. Nesta data são rendidas honras à memória e exemplo daqueles que dedicaram e entregaram suas vidas conscientemente, servindo ao povo e à luta pela Revolução de Nova Democracia ininterrupta ao Socialismo.

ler mais…

Página 24 de 85« Primeira...10...2223242526...304050...Última »

Edição atual

Matérias Especiais de AND Sobre Pau D’Arco

50 anos do Levante Camponês de Naxalbari (Índia)

Assine

Edições Seara Vermelha