PR: Pichações denunciam abusivo aumento das passagens em Curitiba

praumentoRecebemos imagens enviadas por apoiadores de AND em Curitiba que registraram a luta contra o aumento das passagens na região. As presentes fotos foram produzidas no dia 6 de fevereiro em algumas movimentadas vias da cidade.

Após várias combativas manifestações populares protagonizadas pela Juventude Combatente na capital curitibana, o aumento das tarifas foi suspenso, mostrando a justeza da revolta popular que tomou as ruas da cidade desde os primeiros dias do ano. No entanto, por ordem judicial, o aumento voltou a vigorar e isto promete dar novo impulso à luta popular contra este criminoso ataque.

praumento2

Grande dirigente bolchevique Nadezhda Krupskaia

Pag.02 - Krupskaya com a juventude


Nota da redação: Esse artigo foi escrito originalmente por Tsetsiliia Samoilovna Bobrovskaia (1876-1960), militante bolchevique desde a fundação do POSDR. Colaborou na imprensa bolchevique desde o Iskra. Foi eleita deputada bolchevique no distrito soviético de Moscou em 1917. Trabalhou entre 1928-40 como pesquisadora do Instituto de Marxismo-Leninismo, sob os auspícios do CC do PCUS.

Esse artigo foi adaptado para o AND nº 184 (p.2) e sua versão estendida – porém, não integral – segue nesta publicação. O original completo foi publicado pela Revista Problemas, nº 27, em junho de 1950.


Tsetsiliia Samoilovna Bobrovskaia

NADEZHDA KRUPSKAIA, a amiga mais íntima, a companheira de vida e de luta do grande Lênin, magnífica representante da velha guarda bolchevique, destacada lutadora da frente cultural do país soviético, nasceu em Petersburgo a 26 de fevereiro de 1869.

Quando contava seis anos de idade, seu pai trabalhava em Ugitch como inspetor de uma fábrica. Em casa ouvia sempre os relatos de seu pai sobre o regime na fábrica e sobre a impiedosa exploração a que estavam submetidos os operários e criou um grande ódio ao diretor. Ao brincar com outras crianças, jogando bolas de neve no pátio da fábrica, procurava sempre acertar no diretor se acontecia passar por ali, e se conseguia seu intento ficava toda contente.

Krupskaia — ainda muito mocinha — estudando Marx nos círculos estudantis e individualmente, até altas horas da noite, convenceu-se, completamente só, antes ainda de seu encontro com Lênin, da ideia de que o marxismo não é um dogma, e sim um guia para a ação.

Read More

Síria/Ucrânia: Negociatas e chantagens entre russos e ianques

Jailson de Souza, extraído de AND nº 184, p.23

Em comunicado oficial neste 28 de janeiro, o governo russo chefiado pelo mafioso Vladimir Putin informou o novo conluio estabelecido com o novo governo ianque chefiado por Trump na Síria.

“Os presidentes decidiram forjar uma autêntica coordenação entre russos e norte-americanos com o objetivo de destruir o Estado Islâmico e outros grupos jihadistas na Síria”, afirma o comunicado.

Isso é mostra de uma outra postura dos russos na pugna quanto à Síria e um afrouxamento no seu apoio ao semicolonial gerente Bashar Al-Assad, sinalizando uma relativa concessão aos ianques quanto a seus planos imediatos na região.

Isso se explica na análise que reproduzimos da Associação de Nova Democracia (Hamburgo, Alemanha): Os imperialistas russos esperam que a nova administração ianque facilite a negociação com respeito a Ucrânia e às sanções econômicas; em troca, como já temos anotado repetidas vezes, os imperialistas russos estariam dispostos a fazer as concessões correspondentes aos imperialistas ianques no Oriente Médio Ampliado.

Read More

MG: Camponeses tomam as ruas contra a “reforma” da Previdência em Montes Claros

norteminas3

Enviado por apoiadores de AND no Norte de Minas Gerais

Camponeses de todo o Norte de Minas, realizaram uma grande manifestação em repúdio à contrarreforma da previdência (PEC 287) que, dentre os seus ataques aos direitos do povo, persegue o fim do direito à aposentadoria para os trabalhadores do campo.

Cerca de 5.000 trabalhadores seguiram em manifestação, bloqueando as ruas do centro da cidade até a sede do INSS, onde realizaram um ato público de repudio às medidas anti-povo e vende-pátria do governo Temer/ PMDB. Dezenas de sindicatos do Norte de Minas, convocados pela Fetaemg – Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Minas Gerais marcaram presença e denunciaram os pacotaços do gerenciamento ilegítimo de Temer para favorecer o latifúndio, a grande burguesia, os banqueiros, empreiteiras e interesses dos monopólios transnacionais.

norteminas2A LCP – Liga dos Camponeses Pobres do Norte de Minas e Sul da Bahia marcou presença no ato com suas bandeiras vermelhas; seus ativistas levantaram uma faixa com os dizeres: “Contra a crise e os pacotaços: Greve Geral!” e distribuíram centenas de panfletos apontando o caminho da Revolução Agrária de tomar todas as terras do latifúndio!

A criminosa PEC 287, sob o pretexto de combater um inexistente “déficit” da previdência, impõe que os camponeses passem a contribuir para a previdência social não apenas através dos impostos que incidem sobre a comercialização de sua produção – como ocorre hoje – mas, por meio do pagamento de um carnê mensal por, pelo menos, 25 anos. Tal medida, na prática, impedirá que milhares de camponeses possam se aposentar, causando o aumento da miséria no campo e a quebradeira generalizada das pequenas e médias cidades por todo o país.

norteminasSegundo o boletim da LCP: “Estes pacotaços pretendem tirar dinheiro dos pobres para pagar a roubalheira e a corrupção dos ricos, para tentar salvar o capitalismo burocrático no Brasil e o imperialismo no mundo, desta crise colossal que só pode ser resolvida com revolução. Tudo isso com o prosseguimento de muita repressão e violência contra o povo em luta, especialmente contra o movimento camponês, quilombola e indígena. Para garantir os interesses do latifúndio, repartir e vender a preço de banana do que resta desse nosso Brasil tão roubado e explorado.”

Abaixo o governo vende-pátria e anti-povo de Temer/PMDB!

Contra a crise: tomar todas as terras do latifúndio!

 Viva a Revolução Democrática, agrária e anti-imperialista!

AM: Ambulantes denunciam repressão e prometem reagir

18/11/2014: barraca de ambulante destruída após operação

18/11/2014: barraca de ambulante destruída após operação, no Centro. Foto: Tácio Melo

Redação de AND

Vendedores ambulantes que trabalham nas avenidas João Valério e Djalma Batista, no Vieiralves, Zona Centro-Sul de Manaus, denunciaram as criminosas apreensões realizadas pela repressão, coordenadas pela Secretaria Municipal de Produção, Abastecimento, Feiras e Mercados (Sempab) do prefeito Arthur Virgílio Neto/PSDB.

No dia 14 de fevereiro, uma operação da repressão levada a cabo pela PM e agentes da Sempab revoltou os ambulantes. “Eles chegam e levam todas as nossas mercadorias e nós ficamos no prejuízo. Eu perdi aproximadamente R$ 1.300; meu colega, R$ 600; outro R$ 400 e por aí vai. Não roubamos esses produtos. Quem vai pagar o nosso prejuízo? Além de levarem as nossas mercadorias, ainda nos humilham. Ninguém aqui é bandido, só queremos o direito de trabalhar”, denunciou um vendedor ambulante que não quis se identificar, em entrevista à imprensa local.

Read More

MG: Camponeses celebram 1 ano da retomada das terras com a festa do Corte Popular!

corte6

Camponeses marcham em ato político, marcando a entrega do Certificado de Posse e o Corte Popular. Área Revolucionária Cleomar Rodrigues, Pedras de Maria da Cruz, MG


Reproduzimos comunicado da Liga dos Camponeses Pobres (LCP) do Norte de Minas e Sul da Bahia por ocasião do Corte Popular na Área Revolucionária Cleomar Rodrigues, ocorrido neste fevereiro de 2017. Foi também notícia na presente edição de AND (nº 184).


Área Revolucionária Cleomar Rodrigues:

Camponeses celebram 1 ano da retomada das terras com a festa do Corte Popular!

Um ano após a retomada das terras da Fazenda Pedras de São João em Pedras de Maria da Cruz, os camponeses, organizados pelo CDRA – Comitê de Defesa da Revolução Agrária, concluíram o Corte Popular, com apoio da Liga dos Camponeses Pobres. Nesta mesma área, em 22 de outubro de 2014, foi assassinado covardemente numa tocaia, por pistoleiros e policiais à mando do latifúndio, o dirigente da LCP, Cleomar Rodrigues de Almeida.

Durante os dias 21 e 22 de janeiro, os camponeses realizaram uma grande celebração, com vibrante Ato Político no qual foram entregues a cada uma das 62 famílias, o Certificado de Posse, pelo CDRA.

Read More

Odiosa agressão ianque no Iêmen

bombingusa

Novo governo ianque sob chefia de Trump agride o Iêmen e resistência nacional revida. Na foto, momento do bombardeio ianque, 29/1  (Your News Wire).

AND nº 184, p.23 – extrato de “Novo governo ianque aumenta agressão aos povos”, Jailson de Souza

A nação iemenita foi a primeira vítima deste novo governo chefiado pelo bandido Trump. O exército ianque atacou, neste 29 de janeiro, o município de Yakla, no centro do Iêmen, utilizando-se de bombardeios lançados covardemente por drones e helicópteros de guerra Apache, sob o falso e ensanguentado manto de “guerra ao terrorismo”.

A informação veiculada na imprensa dá conta de 14 pessoas assassinadas por este covarde ataque ianque. As vítimas foram prontamente acusadas de serem “suspeitos de vinculação à Al-Qaeda”. Os alvos dos bombardeios incluíam uma escola e uma mesquita (casa religiosa do islamismo).

alqa

De armas em punho, nação iemenita luta por expulsar o invasor. Crédito/foto: The Blaze.

No entanto, as massas agredidas vêm revidando a agressão imperialista. Nesta operação os ianques sofreram baixas humanas e materiais. Um dos seus soldados acabou aniquilado no combate, além de outros 4 feridos. Uma aeronave militar ianque teve que realizar pouso forçado por danos, e testemunhas afirmam que um helicóptero Apache foi derrubado. Ambos acontecimentos são resultados dos combates com a resistência nacional.

Read More

RJ: Homem é assassinado pelas Forças Armadas

Redação de AND

Fuzileiros navais (Marinha) provocaram uma intensa troca de tiros em frente à rodoviária carioca Novo Rio, na zona portuária do Rio de Janeiro, neste 15 de fevereiro de 2017, culminando no assassinato de um homem e causando verdadeiro clima de guerra.

O tiroteio se deu quando dois suspeitos de furtar uma moto passaram por um caminhão da Marinha. Os militares iniciaram a troca de tiros, alvejando um dos homens.

O local do fato é um dos mais movimentos da região, onde se dá intenso fluxo de pessoas, visitantes e turistas que embarcam e desembarcam na rodoviária, além de milhares de trabalhadores.

Em entrevista ao monopólio da imprensa, uma testemunha não identificada narrou: “As pessoas se jogaram no chão e, quando o motorista falou que mataram um homem, nós nos levantamos e foi um desespero total”. “Tinha vários carros das Forças Armadas e soldados da rua e começou uma sequência de tiros. Quando cessou, vimos que tinha uma pessoa caída no chão”, conta.

Read More

SP: Operários e camponeses erguem barricada por melhoria de estradas e resistem à repressão

protesto operário e camponesComitê de Apoio ao AND – Campinas/SP

Operários moradores da ocupação Monte Verde e camponeses do assentamento Milton Santos, em Americana-SP (90 km de São Paulo) fizeram um protesto para cobrarem reparos nas estradas da região.

Os operários e camponeses residentes na região atearam fogo em pneus e ergueram uma barricada na estrada. A PM, ao chegar no local, desatou violenta repressão, atirando balas de borracha e bombas de “efeito moral” contra a população. Vários moradores foram agredidos.

A manifestação se deu na Estrada Municipal Ivo Macris, na manhã de segunda feira (13/02) e reuniu cerca de 150 pessoas.

Segundo os moradores, as más condições das estradas atrapalham a produção do assentamento, além da falta de segurança.

Apesar da repressão, os moradores não se deixaram intimidar e reagiram com pedras e paus. Como resultado do confronto, 2 policiais e 12 manifestantes ficaram feridos. Um advogado popular foi covardemente agredido pela polícia e detido.

PR: Derrotar o aumento da tarifa com mais protesto popular

jcomb2

6 de fevereiro: protesto da juventude combatente rechaça aumento de tarifa.


Nota enviada pela Unidade Vermelha – Liga da Juventude Revolucionária (UV-LJR), através do comitê de apoio ao AND de Curitiba, contextualizando os protestos que se desenvolvem em Curitiba, contra o criminoso aumento na tarifa de ônibus.


Desde o aumento relâmpago da tarifa dos transportes em Curitiba, o valor da passagem saltou de 3,70 para R$ 4,25. Em algumas linhas da região metropolitana a passagem saltou para R$ 5,30. Enquanto para milhares de trabalhadores vai faltar dinheiro no final do mês, a prefeitura lucra R$ 450 mil por dia e a máfia do transporte recebe duas vezes o valor que deveria ser usado para renovar a frota de sucatas.

Este crime contra o povo foi ordenado pelo prefeito Rafael Greca (PMN), para enriquecer ainda mais o monopólio dos transportes de Curitiba, que é controlado pela máfia das famílias Gulin, Bertoldi e Curi e pelos políticos acionistas da Urbs.

O aumento gerou enorme revolta e descontentamento na imensa maioria da população. Nos pontos de ônibus, estações e terminais o sentimento é um só: 4,25 é roubo!

Read More