Reproduzimos a seguir a nota da Liga dos Camponeses Pobres (LCP) do Norte de Minas e Sul da Bahia e do Movimento Feminino Popular (MFP), publicado no site do Jornal Resistência Camponesa, acerca da campanha em defesa da vida e saúde do Presidente Gonzalo e seu todo poderoso pensamento gonzalo que foi desenvolvida nas Áreas Revolucionárias.


Camponeses se mobilizam em defesa da grandiosa obra revolucionária do Presidente Gonzalo. Norte de Minas,março de 2017

Camponeses se mobilizam em defesa da grandiosa obra revolucionária do Presidente Gonzalo. Norte de Minas, março de 2017

 

A Liga dos Camponeses Pobres do Norte de Minas e Sul da Bahia e o Movimento Feminino Popular tem desenvolvido atividades como parte da campanha internacional:

No encontro do núcleo do MFP – Sandra Lima de Manga, em 12 de março, foi realizada exposição sobre a guerra popular no Peru, a chefatura do Presidente Gonzalo e sua prisão, sendo aprovado pelas companheiras a incorporação na campanha.

Na área Cleomar Rodrigues, pedras de Maria da cruz, os companheiros organizaram ato como parte da campanha, expondo sobre o papel do Presidente Gonçalo no Peru e para revolução proletária mundial, motivo de tamanho ódio da reação e de seu encarceramento.

Na Unimontes, em Montes Claros, foram colados dezenas de cartazes com a consigna da campanha.