21-marrocos-alhucemas-la-ciudadania-acude-al-entierro-de-mohssine-fikri

Multidão marcha em protesto por morte do jovem Mohssine Fikri.

Com informações de dazibaorojo08.blogspot.com

Um brutal e cruel assassinato de um jovem vendedor ambulante identificado Mohssine Fikri, na cidade de Alhucemas (norte de Marrocos), desatou uma profunda indignação popular por todo país.

O assassinato macabro ocorreu enquanto Mohssine Fikri, 31 anos, vendia pescados em seu posto ambulante quando a polícia criminosa roubou sua mercadoria após o mesmo negar-se a pagar uma “cota” (suborno) cobrada pelos agentes da repressão para liberar a venda. Quando a repressão jogou a mercadoria na compactadora do caminhão para destruí-la, o jovem, desesperado, não teve dúvidas e se lançou para salvar sua mercadoria que, conforme sublinhou seu irmão, “era seu único meio de vida”. Nesse ato, o jovem foi trucidado pela máquina.

Segundo testemunhas, os policiais, mesmo sabendo que Mohssine Fikri estava dentro da compactadora recolhendo suas mercadorias, ordenaram ao operador prosseguir com a máquina, matando o jovem. Ainda teria gritado um policial: “Triture ele!” –  referindo-se a Mohssine. Vídeos que circulam na internet mostram o momento exato do crime.

Milhares de pessoas em todo o país saem às ruas exigindo punição à criminosa e sanguinária polícia do velho Estado marroquino.